DOF no Render Internal e no Cycles.

Blender mostra nesse vídeo, como você pode aplicar profundidade de campo (DOF – Deph of Field).

O vídeo apresenta a você tanto como fazer acontecer a profundidade de campo no renderizador interno (Render Internal) quanto no Renderizador Cycles.

No renderizador interno do Blender o trabalho para conseguir tal efeito é um pouco maior do que no renderizador Cycles, uma vez que você deve usar Nodes para chegar ao seu objetivo.

Já no renderizador Cycles, o processo é rápido e eficiente, sendo que você só precisa mudar as configurações da câmera no campo Deph of Field.

No entanto ambos os renderizadores usam o auxiliar Empty.

É sabido que o olho humano, quando foca determinado elemento, os objetos a sua volta ficam desfocados.

Deph of Field no Blender tenta simular essas mesmas características do olho humano com bastante sucesso.

Para apresentação de imagens paradas, profundidade de campo não mostra uma diferença tão grande, no entando para animações você muda todo o humor de uma cena quando aplica tal estratégia.

Abaixo você encontra o link para construir a bola de basquete usada para demonstração desse vídeo:

122- Blender  – Bola de Basquete

https://www.youtube.com/watch?v=5PRO5fGe5zM

Você pode também baixar o software Blender no endereço: www.blender.org

Veja abaixo outros links que podem ser de seu interesse:

Aproveite!

Livro Fundamentos do Blender, totalmente GRÁTIS para você fazer download

Meu site: www.equilibrecursos.com.br

Novo site em construção: www.cursos.equilibrecursos.com.br

Coleção de PDFs sobre Nodes: O fantasma do Blender Desmistificado

PDF 1ª Parte – Nodes Shader

PDF 2ª Parte – Output/Input

PDF 3ª Parte – Texture Nodes

PDF 4ª Parte – Vector&Color Nodes

PDF 5ª Parte – Converter, Script, Group & Layout Nodes

Conheça mais de nossos cursos em vídeo!

Modelagem Arquitetônica com Blender:

Iluminação Materiais e Texturas no Cycles:

Iluminação Materiais e Texturas no Render Internal do Blender:

Meu Portfólio&Galeria

Imagens PNG free, para você usar em seus projetos

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *