Prefere tutoriais em vídeo? Acesse nosso canal no Youtube: Lista de vídeos 1Lita de vídeos 2 – Lista de vídeos 3 – Lista de vídeos 4

O ponto pivot é o ponto em torno do qual muitas operações do Blender ocorrem. Portanto é de grande importância o conhecimento de como ele funciona. Vamos lá!

Na imagem abaixo, você vê onde se encontra o ícone para manipular o ponto pivot de um ou mais objetos. Digo um ou mais objetos, pois esse conhecimento é muito útil para manipular tanto 1 como mais objetos, uma vez que o ponto pivot estabelece o ponto a partir do qual um objeto vai sofrer transformações de Rotação, Scale ou Translate (movimentação).

ponto-de-origem

Sendo assim, você pode testar aí no seu Blender free, e de código aberto que, se você clicar em

1-“Bounding Box” como opção, o Blender vai fazer os movimentos de transformação a partir de uma média entre os dois objetos.
2-“3D cursor”, se você clicar em 3D cursor, todos os movimentos de transformação serão feitos em torno do 3D cursor como referência.

Outras alternativas que estarão disponíveis para você mudar o ponto pivot são:

3- “Individual origins” – o Blender gira, scale e movimenta o objeto a partir da origem individual de cada objeto.
4- “Median Point” – o Blender gira, scale e movimenta o objeto em torno do ponto médio de dois objetos.
5- “Active Element” o Blender gira, scale e movimenta o objeto em torno do objeto que é o elemento ativo. Já falamos sobre objeto ativo e só para relembrar é aquele objeto que foi selecionado por último. Aquele cuja linha de contorno fica diferente da dos outros objetos.

Nesse caso você já começa a conhecer a importância de guardar conceitos sobre “objeto ativo”, entre outros. Conclusão: ponto pivot é um item bastante importante a ser lembrado, pois dependendo do qual você escolha, terá comportamentos totalmente diferentes no Blender.

Índice

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *