blender-texturas-procedurais-6

Note que estamos usando o render interno do Blender.

Bem, não esgotamos o assunto mas até então estávamos falando de materiais. Em seguida falaremos sobre texturas.

Na janela de propriedades ao lado do ícone de materiais você encontra o ícone de texturas.

Texturas são colocadas em cima dos materiais, portanto quando quer colocar texturas, obrigatoriamente, você coloca antes um material.

Os tipos de texturas que vamos conversar aqui são as TEXTURAS PROCEDURAIS E AS TEXTURAS DE IMAGENS

Texturas procedurais são aquelas que o próprio Blender oferece condições de serem feitas e finaliza com cálculos próprios.

Texturas e imagens são aquelas que pegamos a imagem em nosso computador e as colocamos no objeto. O Blender também faz o cálculo final para os resultados do seu projeto.

Então, depois de colocado o material, pressione o próximo icone, o de textura.

Abrindo o ícone de textura, há na parte de cima, mais 3 ícones:, world (assunto que ainda não foi abordado, mas serve para fazer o fundo de sua cena) o de material (destacado em vermelho na imagem) e o pincel. Esses são os locais onde sua textura pode ser aplicada.

Hoje vamos ver a textura aplicada ao material.

No local que se apresenta, você tem lugar para adicionar textura (NEW), tem vários slots que podem ser usados para acrescentar mais e mais texturas, e tem as setas que podem mudar as texturas de lugar.

Clicando em NEW, novos itens aparecem, e no item Type, no botão NONE, você pode escolher a textura que quer. Todas, exceto “image or movie” e “environment map” são texturas procedurais.

blender-texturas-procedurais-1

blender-texturas-procedurais-2

Escolha CLOUDS, como sugere a imagem acima.

Verá novamente abrirem outros itens; esses agora são mais específicos da textura CLOUDS.

blender-texturas-procedurais-3

O que ilustra a imagem acima é somente sobre a textura procedural clouds, e ainda tem mais. Veja na figura abaixo.

Antes disso, observe o botão destacado em vermelho. Há possibilidade de escolher entre os itens que ele mostra (ao você clicar nele) uma variação bem grande de formas a serem aplicadas no seu objeto.

Na imagem abaixo, mudei a textura procedural de CLOUDS para MARBLE, pois ela é melhor exemplo para os controles que se apresentam. Aliás, experimente cada um deles e veja com atenção as mudanças que ele faz.

blender-texturas-procedurais-4

Abaixo, o item vem originalmente marcado como FLAT, e você pode ver que temos uma forma de esfera, então mude para sphere.

Passe para o item INFLUENCE: é muito importante esse menu, uma vez que nos dá a possibilidade de inúmeras modificações.

Note, nos destaques em azul a relação que se estabelece com a aplicação de materiais…diffuse, specular, shading… etc.

O item COLOR, sob diffuse vem marcado por padrão… os outros itens eu marquei e coloquei os números para conseguir esse efeito que você vê do lado esquerdo da imagem.

O item que dá esse aspecto de variação de altura na esfera é GEOMETRY…. Ele provoca um jogo de sombras que dá a impressão de relevo.

No item RGB TO INTENSITY eu mudei da cor padrão (magenta) para o vermelho e observe onde é a influência da cor, observando a imagem ao lado!!

Enfim, há muitas outras texturas procedurais e você não pode parar por aí… continue investigando e entendendo o que cada uma faz e sua relação com o objeto em cena.

Como disse que tentaria sempre estabelecer as relações de render interno do Blender com o Cycles, eis abaixo a imagem demonstrando onde se encontram as texturas procedurais no Cycles.

Como também já disse, não se apresse em entender Cycles agora. Teremos mais explicações no futuro. Por enquanto adote somente a ideia de saber que existe relação de conteúdo (não na forma de cálculo), e vá se familiarizando com os locais. Nada mais!!

Na imagem abaixo os destaques em vermelho são o caminho para se introduzir uma textura procedural no Cycles. E em azul (ao lado da vermelha) é o nó, dentro da janela de nós e à direita, na janela de propriedades é o nó procedural wave destacado.

blender-texturas-procedurais-5

Índice

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *