blender-camera2-capa

Hoje vamos conversar a respeito de um assunto que já foi colocado em pauta, mas vamos reforçar a ideia; ainda sobre câmeras.

Há possibilidade de usar a câmera de modo efetivo (sendo que efetivo é um termo relativo, e depende de seu gosto, de sua facilidade, etc).

Diante desse entrave de mim comigo mesma… vamos dizer que há formas e formas de usar a câmera.

Pode se usar o atalho CTRL + ALT + Q, colocarmos nossa cena em quatro visões diferentes e configurarmos a partir daí nossa câmera.

Podemos manualmente passo a passo levar a câmera para onde queremos.

Podemos usar constritores, (constraints em inglês)

Não esquecendo que para focalizarmos a cena, podemos usar o atalho CTRL + ALT + 0 (zero) e que depois de configurada uma primeira vez, cada vez que queiramos voltar à vista de câmera é só clicar em zero.

Mas, podemos tornar a situação ainda mais controlada quando usamos CONSTRAINTS.

blender-camera2-01

Como o nome diz, constraints restringem e localizam o movimento da câmera a um determinado foco. Esse foco é você quem determina. Vejamos na imagem abaixo como fazer isso

1– selecione a câmera,

2– localize o ícone de constraint na janela de propriedades.

3– clique nele e, em seguida clique em Add Constraint. Há várias constraints como poderá ver, mas nesse momento fique com….

4- damped track.

 A imagem abaixo mostra o resultado que obtêm na janela de propriedades. Ainda há mais!

blender-camera2-02

Pode haver uma surpresa e a câmera não se comportar como gostaríamos, isso porque, o Blender ainda espera que se defina o eixo para o qual a câmera deva virar.

blender-camera2-03

Depois de conseguir o resultado desejado, faça testes: experimente mudar o local da câmera para ver como o objeto vinculado se comporta. Faça ao contrário também. Mude o objeto e veja que a câmera sempre o focaliza em primeiro lugar.

blender-camera2-04

Há outra forma, possivelmente até mais eficiente de usar constraints no Blender. Lembra do EMPTY, que eu disse que era um coringa?

Bem, acho que já comentamos a respeito dessa funcionalidade do Empty, mas vale a pena reforçarmos a ideia, pois ele é bem útil e nesse caso também faz um bom papel.

Vamos colocar um Empty em cena: SHIFT + A > EMPTY.

Voltamos à constraint e trocamos no item Target – de vasoVerde para Empty.

blender-camera2-05

Isso dá mais liberdade de movimento, uma vez que. se a câmera seguir o empty, você pode colocá-lo em cada objeto que quiser focalizar não sendo necessário a mudança no item da constraint Target.

Índice

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *